Taking too long? Close loading screen.
Carregando posts

Como aplicar estratégias de Marketing Educacional na escola?

Toda escola quer atrair novos alunos e fidelizar os que já fazem parte da instituição. E, com uma boa estratégia de Marketing Educacional isso é possível

Tempo de leitura: 5 minutos

Toda escola quer atrair novos alunos e fidelizar os que já fazem parte da instituição. E, com uma boa estratégia de Marketing Educacional isso é possível!

Porém, é importante ressaltar que o marketing educacional antigo mudou de uns tempos para cá, pois, a tecnologia avança a  cada dia e traz mudanças em todas as áreas em um ritmo mais acelerado.

Fazendo uma retrospectiva, pode-se analisar que o smartphone se tornou parte essencial na vida de todas as pessoas. E portanto, foi necessário que as informações acompanhassem as mudanças desse novo mundo.

Dessa forma, não podemos descartar o fato que o hábito de procurar uma escola também mudou para as famílias, principalmente as que vivem em grandes metrópoles. O Marketing Educacional é essencial na hora de transmitir os valores da sua instituição, ter uma comunicação eficaz com a família e mostrar que a sua escola está à frente da concorrência. Como consequência disso, ele exerce um papel fundamental na captação e retenção de estudantes na instituição de ensino.

Lembre-se: Esse trabalho deve ser realizado ao longo do ano letivo, não apenas nos meses de matrícula.

Como o Marketing Educacional vai ajudar a minha Instituição de Ensino?

Essa pergunta é muito frequente no meio dos gestores escolares. Primeiro, é necessário ficar claro que, atualmente, o público tem o poder na palma das mãos para escolher o conteúdo que quer consumir e como responder a ele.

Por meio do Marketing Digital, as escolas são capazes de promover sua imagem, e posicionamento, exibindo sua infraestrutura, dando ênfase em seus diferenciais e fazendo com que o público tenha uma percepção positiva da IES.

Muitos gestores educacionais ainda insistem em investir apenas em formas antigas de divulgação, como outdoor e panfletos.

Claro que essas divulgações não prejudicarão a instituição, muito pelo contrário, são muito boas também. Mas com um outdoor, por exemplo, você sabe quantas pessoas viram? Pois é! Com o Marketing Digital você sabe tem esse retorno e assim, sabe quem conseguiu alcançar.  

Tem orçamento suficiente? Invista nos dois. Orçamento apertado? Foca no digital!

A influência da evolução e tecnologia nas escolas.

Precisamos levar em consideração que o mundo não para de evoluir e as tecnologias não param de avançar. Segundo a pesquisa EduTrends 2016, feita pela Rock Content em parceria com a Resultados Digitais, 66,5% das Instituições de Ensino investem em marketing offline e 81,3% em marketing digital. Por isso, a sua escola não pode ficar parada no tempo utilizando apenas antigas técnicas de divulgação.

Dessa forma, o Marketing Educacional aplica esforços de marketing digital para instituições de ensino. Utilizando pesquisas, planejamento, monitoramento de resultados, técnicas de encantação e estratégias de marketing digital para conquistar e reter mais alunos.

O Marketing Educacional aumenta, consideravelmente, a visibilidade da sua escola para o público.

O que é o marketing de conteúdo na sua escola?

O Marketing de conteúdo é uma das estratégias do marketing digital, utilizada para engajar seu público-alvo e crescer sua rede de potenciais clientes (nesse caso, nos referimos aos alunos) por meio da criação de conteúdo relevante e valioso. Sempre no processo de:

  • Atrair;

  • Envolver;

  • Entregar valor para as pessoas;

  • Criar uma percepção positiva;

  • Gerar mais negócios.

O marketing de conteúdo na prática

Objetivo: Atrair com conteúdo relevante, envolver os alunos e potenciais alunos, gerar valor de modo que sua escola seja bem vista e assim fidelizar seus alunos e conquistar novos.

Entretanto, falar em produzir conteúdo relevante ainda é um tópico a ser discutido. Já que é sempre válido lembrar que o bom conteúdo não é aquele que foca apenas em vender, mas sim em trazer benefícios para quem está lendo, dando soluções para resoluções de problemas e até mesmo ensinar algo.

Logo, a fidelização e retenção são consequências desse processo.

Como você ajudou seu público no momento em que precisava, ele passa a ter uma visão positiva sobre a sua marca.

O conteúdo criado não pode ser postado sem um objetivo final. Por isso, o marketing de conteúdo faz uma pesquisa e analisa quais mensagens são necessárias em determinado momento.

Isso faz com que você promova um conteúdo tão fantástico, que seu público vai querer compartilhar com outras pessoas, popularizando sua escola e trazendo mais visibilidade para ela.

Benefícios que o  Marketing de Conteúdo traz

De acordo com uma pesquisa de 2018 da Content Trends sobre marketing de conteúdo no país, 73% das empresas brasileiras já adotam essa metodologia na sua estratégia de aquisição de clientes e 61,8% das que ainda não utilizam pretendem adotá-la em breve. Como resultado, esses dados revelam que o Marketing de Conteúdo já é uma realidade em nosso país.

Sendo assim, criar conteúdo vai além de escrever algo legal e publicar nas redes sociais. Para que funcione, é necessário definir objetivos, estratégias e utilizar de acordo com a análise dos resultados. E, ele funciona em três etapas fundamentais:

Número 1. Planejamento

O planejamento é a base de todo o processo de criação de conteúdo. É o momento onde é necessário deixar claro as metas que você deseja atingir com a sua estratégia de marketing educacional, o caminho que irá traçar e as ferramentas que utilizará no processo.

Dessa forma, produzir conteúdo sem ter um estudo de público é como falar qualquer coisa só para encher as redes sociais.

Por isso, o primeiro passo deve ser o estudo do seu público-alvo. Afinal, algumas horas de planejamento, resolvem 10 horas de complicações.

Número 2. Execução

Depois de um planejamento bem definido, ficará claro quais os assuntos são os ideias para abranger, qual linguagem utilizar e em quais redes sociais seu público está mais presente.

Imagine que seu maior público está no Facebook. Logo, será preciso pensar em estratégias de como sua escola pode obter evidência no Facebook.

Pois, por meio de conteúdos que eduque, informe e entretenha o leitor, sua instituição pode chamar a atenção de potenciais alunos que estão iniciando uma busca no Google, por exemplo.

Aí fica fácil de produzir um conteúdo de qualidade, que agregará valor ao seu leitor, né?

Número 3. Analise as métricas

Deixar claro os objetivos e analisar as métricas são essenciais para um Marketing Educacional eficaz. Toda estratégia deve perseguir um objetivo que traga benefícios reais para a sua escola.

Portanto, é necessário que você utilize o conteúdo certo para a rede social certa. Isso significa fazer teste e análises de dados para que o resultado seja um sucesso.

A tecnologia é sua amiga: use-a!

Por isso, pode-se entender que o Marketing Educacional é muito importante para todas as escolas. Ele é o canal entre a família e a instituição.

É indispensável para as instituições de ensino que buscam bater suas metas de matrículas semestrais, melhorar o relacionamento com seus públicos de interesse (estudantes, pais e comunidade) e fidelizar seus atuais alunos, o Marketing Educacional é uma necessidade nas escolas.

Se você já tem uma estrutura dentro da sua instituição, esperamos que este texto tenha ajudado para os próximos passos da sua estratégia de marketing educacional. Agora, você já pode por em prática as dicas deste conteúdo e começar a obter melhores resultados na sua escola.

Temos certeza que, seguindo as dicas, sua escola atrairá atenção e ganhará visibilidade através do marketing educacional.

LEIA TAMBÉM:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *